Pular para o conteúdo principal

CARRINHOS MAIS DURÁVEIS!

www.casadosrodizios.com.br
Porque nossos carrinhos são mais duráveis?  Um dos maiores fatores que dão maior durabilidade aos carrinhos,são sem dúvidas as Rodas e Rodízios com os quais são montados.Nós da Casa Dos Rodízios, só montamos os mesmos,com Rodízios Schioppa, o grande diferencial do mercado,que por ser mais caro,devido a qualidade,muitos de nossos competidores não vendem com esses rodízios.Resultado: Menor durabilidade e mais gasto futuro para substituição dos mesmos. Por isso na hora de comprar,se certifique da qualidade dos rodízios que estão lhes oferecendo no carrinho!
www.casadosrodizios.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CHEGARAM AS PALETEIRAS !

As Paleteiras que recebemos hoje, estamos fazendo preços especiais, consulte um de nossos vendedores

GUIA PARA SELECIONAR O RODIZIO CORRETO

www.casadosrodizios.com.br   COMO SELECIONAR RODAS E RODÍZIOS O primeiro passo é determinar corretamente a carga sobre cada roda ou rodízio, de acordo com o projeto e as condições de uso do equipamento onde serão montados. Evitar exceder os limites das capacidades de carga dos rodízios e rodas mostradas no catálogo é importante para se conseguir a melhor performance dos produtos. A fórmula abaixo permite calcular a carga sobre cada roda ou rodízio considerando alguns dos fatores mais importantes. ONDE: C = Carga por roda ou rodízio (kg) Pe = Peso do equipamento, carrinho ou estrutura (kg) Pmc = Peso Máximo da carga a ser transportada (kg) N = Número de rodas ou rodízios S = Coeficiente de segurança o valor do coeficiente de segurança S deve ser entre 1,0 a 2,0 dependendo das condições da aplicação. Coeficiente de Segurança S CONDIÇÃO DE USO 1 Carga praticamente estática 1,33 Uso frequente, movimentações em pisos lisos

O CLIENTE NUNCA MAIS VOLTA!

www.casadosrodizios.com.br Acreditem, o cliente nunca mais volta! Anos atrás, Sam Walton, fundador da maior rede de varejo do mundo, a Wal-Mart, abriu um programa de treinamento para seus funcionários, com muita sabedoria. Quando todos esperavam uma palestra sobre vendas e atendimento, ele iniciou com as seguintes palavras:  "Eu sou o homem que vai a um restaurante, senta-se à mesa e espera pacientemente, enquanto o garçom faz tudo, menos anotar meu pedido. Eu sou o homem que vai a uma loja e espera calado, enquanto os vendedores terminam suas conversas particulares.  Eu sou o homem que entra num posto de gasolina e nunca usa a buzina, mas espera pacientemente que o empregado termine a leitura do seu jornal. Eu sou o homem que explica sua desesperada urgência por uma peça, mas não reclama que a recebe somente após três semanas de espera.  Eu sou o homem que, quando entra num estabelecimento comercial, parece estar pedindo um favor, implorando por um sorriso ou esperando ap